Ensaios e Medições





Medição dos Níveis de Pressão Sonora
Critério de Incomodidade

Ensaio usado para determinar a incomodidade do ruído no interior ou exterior, segundo o Decreto-Lei 9/2007 de 17 de Janeiro, no seu artigo 13º - Ponto um, alinea b). Sendo aplicado quando qualquer actividade ruidosa provoca incomodidade.
No ensaio de avaliação da incomodidade no interior, para questões juridicas, é efectuada uma monitorização semi-permanente de registos de dados e simultâneamente a identificação do som do ruído perturbador, sendo este ensaio elaborado em longa duração.
(Exemplo: 24 horas)



Medição de Níveis de Pressão Sonora
Determinação do nível sonoro médio de longa duração

Ensaio designado também por avaliação do impacto ambiental ou recolha de dados acústicos, que aplica-se para a classificação de zonas e sua delimitação conforme o Decreto - Lei nº 9/2007 de 17 de Janeiro, no seu artigo 11 º.
Ensaio designado também para a determinação do nível sonoro médio de longa duração - ARP(Actividade Ruidosa Permanente para cumprimento do Decreto - Lei nº 9/2007 Artigo 13º Ponto um alinha a)



Avaliação da Exposição ao Ruído Durante o Trabalho
Ensaio usado para a determinação da avaliação da exposição ao ruído de trabalhadores, segundo o Decreto-Lei nº 182/2006 de 6 de Setembro para a elaboração de planos da redução do ruído a que um trabalhador está sujeito




Medição do isolamento sonoro a sons aéreos entre compartimentos e determinação do indíce de isolamento sonoro.
Ensaio usado para o licenciamento ou a autorização do início de utilização, de abertura ou de funcionamento das actividades previstas no Decreto-Lei nº 9/2007 de 17 de Janeiro, no seu artigo 12º - Ponto 5 do anexo, para verificação dos requesitos acústicos presentes no Decreto-lei nº 129/2002 de 11 de Maio, com as alterações introduzidas pelo decreto - Lei nº 96/2008.




Medição do isolamento a sons de percussão de pavimentos e determinação do índice de isolamento sonoro
Ensaio usado para o licenciamento ou a autorização do início de utilização, de abertura ou de funcionamento das actividades previstas no Decreto-Lei nº 9/2007 de 17 de Janeiro, no seu artigo 12º - Ponto 5 do anexo, para verificação dos requesitos acústicos presentes no Decreto-lei nº 129/2002 de 11 de Maio, com as alterações introduzidas pelo decreto - Lei nº 96/2008.





Medição do isolamento sonoro a sons aéreos de fachadas e elementos de fachada e determinação do índice de isolamento sonoro.
Método global com altifalante

Ensaio usado para o licenciamento ou a autorização do início de utilização, de abertura ou de funcionamento das actividades previstas no Decreto-Lei nº 9/2007 de 17 de Janeiro, no seu artigo 12º - Ponto 5 do anexo, para verificação dos requesitos acústicos presentes no Decreto-lei nº 129/2002 de 11 de Maio, com as alterações introduzidas pelo decreto - Lei nº 96/2008.





Elaboração de mapas de ruído
Esta medição serve para aferir dados acústicos provenientes da modelação usada na elaboração de mapas de ruído por fonte de ruído, na preparação de instrumentos de ordenamento do território nomeadamente destinado ás Câmaras Municipais.
Para mapas/cartas de planos de urbanização e planos de permenores, elaboração de mapas/cartas de conflitos por fonte de ruído e por período de referência em vista 2D e 3D. Previsto no seu Decreto-Lei nº 9/2007 de 17 de Janeiro.






Medição do tempo de reverberação
Ensaio destinado a todos os edificios à excepção dos habitacionais e mistos, no interior de um compartimento, para cumprimento do Decreto-Lei nº 9/2007 de 17 de Janeiro, no seu artigo 12º - Ponto 5 do anexo, para verificação dos requesitos acústicos presentes no Decreto-lei nº 129/2002 de 11 de Maio, com as alterações introduzidas pelo decreto - Lei nº 96/2008.






Medição dos níveis de pressão sonora. Determinação e avaliação do nível sonoro do ruído particular
Ensaio usado para o licenciamento ou a autorização do início de utilização, de abertura ou de funcionamento das actividades previstas no Decreto-Lei nº9/2007, no seu art. 12º - Ponto 5.
Em todos os edifícios, qualquer que seja o seu uso, e que a sua construção esteja nomeadamente ao abrigo do Decreto-Lei nº555/99 de 16 Dezembro, para cumprimento dos requisitos acusticos presentes no Decreto-Lei nº129/2002 de 11 de Maio, com as alterações introduzidas pelo decreto - Lei nº 96/2008.

Para fins juridicos, "ensaio de incomodidade" e para cumprimento do Decreto-Lei nº 9/2007 art. 13º - ponto 1 alinea b). Poderá ser efectuada uma monitorização semi-permanente de registo de dados e simultaneamente a identificação do som do ruído particular de equipamento(s), sendo elaborado em longa duração. (exemplo: 24 horas)